Fundo Municipal da Indústria, Comércio e Serviços: Centro Empresarial solicita Escola Profissionalizante


       Na última sexta-feira (25), o presidente do Centro Empresarial, Vanderlei Dondé, o vice-presidente de comércio, Tiago Paviani, o diretor executivo, César Conz e o assessor jurídico da entidade, Vitor Hugo Zenatto entregaram ao prefeito municipal Ernani Heberle um ofício solicitando que os recursos do Fundo Municipal da Indústria, Comércio e Serviços sejam utilizados em benefício dos setores que o compõem. A sugestão é a construção de espaço físico para a instalação de escola técnica profissionalizante, preferencialmente em parceria com o SENAI de Caxias do Sul. A entidade manifesta o desejo da maioria dos empresários do município, e para a decisão, chegou a reunir-se com os ex-presidentes, que hoje integram o Conselho de Patrimônio do Centro Empresarial. Leia o documento na íntegra.                  O CENTRO EMPRESARIAL DE FLORES DA CUNHA, entidade que congrega e representa os setores produtivos do município, faz uso desta para externar a V.Excia., o entendimento desta entidade para com a destinação dos recursos do Fundo Municipal da Indústria, Comércio e Serviços.                  O Centro Empresarial, em amplo debate interno de sua Diretoria Executiva e Conselho de Patrimônio, este composto dos Ex-Presidentes da entidade, tem por certo, e com base na origem dos recursos que compõem o Fundo, decorrentes em sua quase totalidade, como é do conhecimento de V.Excia., da venda da área pública do município destinada ao loteamento industrial, é condição que determina que sua utilização obrigatoriamente seja vinculada a ações em prol dos empreendimentos produtivos do nosso município.                   A notória mudança do cenário econômico dos últimos anos, com alteração, inclusive do perfil das nossas empresas especialmente no que diz respeito a instalações físicas, importa em concluir que o estabelecimento de novo loteamento industrial pelo Poder Público Municipal se mostra inviável, bem como, beneficiaria número limitado de empresas.                  A par disso, entendemos que os recursos, em sua integralidade, devem ser destinados a construção de espaço físico para a instalação de escola técnica profissionalizante de alto nível com viés tecnológico, preferencialmente em parceria com o SENAI de Caxias do Sul, o qual reafirma sua intenção de instalar-se com tal unidade em Flores da Cunha, com amplo investimento daquele tanto pela dotação de equipamentos e instalações internas como por toda a parte docente.                  Além dos benefícios com a formação profissional, estar-se-ia beneficiando a totalidade dos empreendimentos locais, tornando mais justa e universalizada a aplicação dos recursos, visto que é comum a todas as nossas empresas a escassez de profissionais qualificados, hoje essenciais para o desenvolvimento.                  Sendo este o entendimento consolidado nesta entidade, e ante a evidente necessidade de se ter investimentos na formação profissional dos nossos jovens, especialmente, esperamos que V.Excia., atue neste sentido, preservando integralmente os valores que compõem o Fundo Municipal da Indústria, Comércio e Serviços para essa destinação.                      Certos da vossa sempre criteriosa consideração, desde já agradecemos, certos de estarmos todos atuando em prol do progresso do nosso município.



FILIADO A: