Sala de Inovação será inaugurada em abril


    Promover ações de inovação para capacitar pessoas a lidar com o que está por vir: o futuro. Esta é a proposta da Sala de Inovação do Centro Empresarial de Flores da Cunha, projeto que nasceu do cruzamento de visões do Comitê de Inovação e dos gestores da entidade, que tem como presidente o empresário Alessandro Cavagnolli.

    A iniciativa surgiu após a realização de inúmeras ações de engajamento em práticas inovadoras junto à comunidade local, ao longo dos dois últimos anos. Uma série de workshops realizados dentro e fora da entidade para coleta de dados e pesquisas aplicadas com empreendedores, jovens, sócios e não sócios do CE, professores e pessoas envolvidas com inovação, design e indústria criativa identificaram a necessidade de um espaço aberto destinado à exploração do conhecimento, à troca de informações e ao desenvolvimento de práticas criativas que transformem as organizações e a comunidade.

    Segundo Tiago Rossi, o responsável pelo projeto, a Sala de Inovação tem como principal missão transformar a cultura das pessoas. “Nosso propósito é capacitar os indivíduos para um novo modo de pensar que nos leve ao caminho do futuro que desejamos individual e coletivamente. A Sala é o primeiro passo que damos em busca de rotas de futuro para Flores da Cunha e região”, diz. Tiago é designer, especialista em Gestão do Design e Inovação e mestrando em Design Estratégico.

    O espaço, que ficará dentro da sede do CE, foi especialmente projetado pelas arquitetas Deisy Rigotto e Vicenza Veadrigo, com o cuidado de refletir o propósito da Sala de Inovação em seu conceito. A estrutura diferenciada do ambiente servirá como local para treinamentos e reuniões de projetos de inovação. Inspirado no pavilhão de Matthew Barney no Museu Inhotim, a sala terá capacidade para 20 pessoas, mas o ambiente permitirá a circulação de até 80 pessoas.

    “O espaço foi inteiramente pensado de forma a permitir a interatividade e dar asas à inventividade de quem fará uso da sala. É um ambiente coletivo que visa proporcionar relacionamentos e troca de experiência, por isso projetamos um ambiente com dinamismo de layout e possibilidade de integração com outros espaços do CE”, explica a arquiteta Vicenza.




FILIADO A: